domingo, 3 de dezembro de 2017

É Natal na cidade...





Iluminada a rigor a cidade,
ao som de last christmas ,
o ambiente é de festa,alegria, risos,estrelas e pinheiros...
Reparei num Senhor idoso que olhava aquilo tudo com uma tristeza que doía.
Sentado no único banco de jardim daquela praça,envolvido por um velho cobertor às riscas que me fez lembrar a casa da minha Avó,recordava o tempo em que também ele tinha uma família .
-Morreram todos, sabe menina?
Viúvo há muitos anos,tinha num irmão e cunhada o amparo e companhia,veio o Inverno passado e uma pneumonia levou-lhe o irmão,chegou a Primavera e levou-lhe a cunhada com aquela doença do diabo,sabe?
Os filhos...não sei,disse com o olhar cabisbaixo para que eu não pudesse ver as lágrimas que lhe caiam no rosto marcado pela solidão e saudade...
-não sabe? quantos filhos tem? onde estão?
-Pelo Natal vinham cá,ainda conheci 2 netos,mas nunca mais voltaram,vivem longe,lá para os lados do Canadá ,é muito longe, não é? a menina já foi ao Canadá ?
A minha neta lembra-me muito da minha Senhora,gostava tanto de a voltar a ver!
Chama-se Lurdes como ela...
É Natal na cidade...
E que diferença é que isso faz?!

Nani Carvalho

03/12/2017
Braga











Sem comentários:

Enviar um comentário

Onde quer que estejas...

"Queria alguém à minha espera num sítio qualquer" Esse alguém podias bem ser tu, que o sítio fosse aquele que ...