terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

É véspera de S Valentim ó pateta...







Ninguém acreditaria se lhes contasses,
falava-lhe da sensualidade dos sonhos em que entravam,
da beleza da noite e das estrelas
da lua e da magia.
Era mais um inverno frio e cinzento
daqueles que nos enfiam no sofá em tardes de domingo.
Detestava aquela sensação de inutilidade,
as musicas já não me abraçavam,
os livros que insistia em ler, contavam-me histórias já tão gastas e falsas
e até os filmes da sessão da tarde que outrora me emocionavam
pareciam-me mais ficção cientifica ou até mesmo comédia...
Procurava algum animo no que me ocorria acerca...
Não tem importância , é só hoje,
e só hoje vai passar depressa...
E passava.
Adorava a segunda-feira que chegava, a terça....e os outros,
até que chegava o Sábado ,esse que antecipava mais um daqueles terríveis Domingos.
Eu e os Sábados tinhamos um pacto,
vivê-lo intensamente até alta madrugada para que me deitasse exausta,
depois da noite no bar, da companhia dos amigos,e do pequeno almoço ás 6 da manhã na padaria da rua de trás ,
com um padeiro que cantarolava , alegre,cheio de vida e sentido de humor.
Aqui não se vende nem bagaço nem cachaça,dizia com tal graça que me despertava a remota vontade de um dia os experimentar para poder saber do que falava.
Aqui não se mente,continuava...as vossas Mulheres já cá vieram ao pão,não há como enganá-las,dirigindo-se a um grupo de quarentões com aquele ar de quem meteu o pé na argola e não pode voltar a casa sem ter um alibi.
E sim, agradecida ao meu sábado pelo que curtimos juntos,deitava-me cansada.
Este Domingo também era cinzento, frio e chuvoso,prometia por isso ser exactamente igual aos outros todos...
Não foi...
Acordei com o toque de uma mensagem,
era uma flor e uma frase...
“But in the night he woke and held her tight as though she were all of life and it was being taken from him. He held her feeling she was all of life there was and it was true.”
Ernest Hemingway
Li vezes sem conta, emocionada e incapaz de dizer fosse o que fosse,fiquei em silêncio, enroscada no meu confortável e quentinho edredon...
Lembrei-me do que dizia a poeta numa bonita história de amor ,
"não sei se isto é paixão ou amor a começar"...
É véspera de S Valentim, não é ó Pateta? Acredita!...pensei
Levantei-me num salto,liguei a musica e cantei pela casa...
"I found a love for me...
 I found a man beautiful and sweet
I never knew you were the someone waiting for me"!
Já não sei se o dia é cinzento , frio ou chuvoso,
e ser for?
 afinal que importância é que isso tem?

Nani Carvalho






1 comentário:

sweet and pretty ...

14 de Julho é uma data histórica, e se não fosse por mais nada,era apenas porque tu nasceste <3 3 décadas que te...